Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

RS passa a integrar área de convivência inter-religiosa pela Declaração de Córdoba

Publicação:

Assinatura da Declaração de Córdoba
Representantes de diversas tradições religiosas participaram da cerimônia na manhã desta quarta (16) no Palácio Piratini - Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

O governador Eduardo Leite assinou, na manhã desta quarta-feira (16/10), no Palácio Piratini, a manifestação de apoio à Declaração de Córdoba, firmada na Argentina em 2017 por líderes de distintas tradições religiosas. Assim, o Rio Grande do Sul passa a ser considerado uma área de convivência inter-religiosa, em alinhamento com regiões da América Latina que também assinaram a declaração. Leite esteve acompanhado do secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Catarina Paladini.

Em sintonia com o Plano Nacional de Direitos Humanos, a declaração de Córdoba pretende garantir igualdade na diversidade, respeito às diferentes crenças, liberdade de culto e garantia da laicidade do Estado. Ao grupo que acompanhou a assinatura, Leite expressou a satisfação em participar deste momento. “Fiz questão que todos vocês também assinassem o documento porque quem faz acontecer essa possibilidade de convívio harmonioso e respeitoso é exatamente a liderança de cada um, que permite que isso possa se estabelecer na rotina do nosso Estado. O Estado é laico, mas tem o papel de estimular e criar um ambiente de respeito e tolerância a todas as religiões”, disse o governador.

Para o secretário, a assinatura condiz com as ideias que o governo defende. "A assinatura representa a capacidade de diálogo que o governo e o governador têm demonstrado. Sempre tive preocupação com esse tema. É muito importante que a gente possa exercitar a tolerância, e o encontro de hoje vai exatamente nesse sentido", afirmou.

O proponente do documento é o Grupo de Diálogo Inter-religioso, por meio do coordenador e rabino da sinagoga da Sociedade Israelita Brasileira, Guershon Kwasniewski. Em nome das demais religiões, estiveram presentes representantes do Congresso Judaico Latino Americano, da Sociedade Israelita Brasileira de Cultura e Beneficência, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil, do Centro Africano Xangô Agodô, da Igreja Episcopal Anglicana, da Via Zen, da Federação Israelita do Rio Grande do Sul, do Centro Cultural Islâmico, da Fé Bahá’í, da Igreja Apostólica Romana e da Federação Espírita do Rio Grande do Sul.

Clique aqui e acesse mais fotos. 

Texto: Suzy Scarton
Edição: Patrícia Specht/Secom

Portal do Estado do Rio Grande do Sul